2012-10-15

A Erva de São Roberto Como Remédio Caseiro

A "Erva de S. Roberto" Como Remédio Caseiro 

Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”





Foto 1 - Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”
florida, em meados de Agosto (no meio de Agosto)


sinonímia: Robertiella robertiana Hanks

Outros nomes populares: Gerâneo, Erva-robertaBico-de-grouBico-de-grou-robertino, Erva-de-São-Roque, Salsa milagrosa, pássara (na Ilha da Madeira)



Foto 2 - Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”
Só as folhas e uma florzinha aparecendo timidamente... foto tirada no início de Julho




Propriedades Terapeuticas:

Antiséptica; anti-inflamatória; antibacteriana; antidiarreica (devido aos taninos* que contém); anti-cancerígena; diurética, purificadora do sangue...
Adstringente, anti-espasmódica, hemostática, tónica, vulnerária

Princípios activos: taninos, óleo essencial, substância amarga, ácidos orgânicos e vitamina C.



Foto 3 - Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”
Nasceu espontaneamente, no resto dum vaso de plástico que o sol degradou, num resto de terra que por lá foi ficando. No início (quando me apercebi da sua existência e identifiquei) eram apenas uns quantos caules, dum único pé (duma única raiz)....



Usa-se para tratar:
Aftas, anginas, problemas da boca; cancro, diabetes, diarreia rebelde, dermatites, eczema supurante (eczema húmido), feridas, hemorragias (incluindo pulmonar e nasal), nefrites, olhos, prisão de ventre, rouquidão, hemorróidas, úlceras de estômago e duodeno, colite, hipermenorreia (menstruação abundante), reumatismo, gota, cálculos renais (pedra nos rins), ...




Foto 4 - Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”
Nasceu espontaneamente, num resto de vaso, num resto de terra... No início  eram apenas uns quantos caules (foto 3)... Depois teve direito a mudar de vaso e, generosamente, os caules foram-se multiplicando até taparem o vaso por completo. Apenas um pé; uma única raiz...

Como usar: Esta planta é vulgarmente utilizada para fazer chá e é comprada seca para esse efeito, porque a maioria das pessoas a desconhece, não sabe identificá-la e, por isso, sabendo das suas propriedades, compram a planta seca e não aproveitam o que a natureza dá... de borla
Obtêm-se melhores resultados (maior eficácia) usando a planta fresca.

Se tem acesso à planta fresca, use-a em sumos, saladas, esparregado, ou simplesmente infusão com a planta fresca... dentro da sua época.
Para fornecer-se de planta seca para o resto do ano deve:
colhê-la enquanto está em flor, em dias secos, e secá-la à sombra mas longe de humidade, evidentemente. Isto porque a planta é muito tenra e deteriora-se facilmente se não secar rapidamente...

Pode utilizar-se em forma de gargarejos para aliviar dores de garganta, inflamação da boca e das gengivas, incluindo sangramento das gengivas (piorreia).

Em forma de compressas, pode ser aplicada sobre vista inflamada e também para extrair furúnculos e impurezas da pele e para cicatrizar feridas. 


Para aplicar na pele (como cicatrizante ou para tratar dermatites) faça sumo da planta fresca e aplique, ou faça infusão da planta fresca ou seca e aplique compressas. Também pode esmagar a planta e aplicar...

Para aftas, anginas, dor de dentes ou problemas da boca e garganta, faz-se infusão para gargarejar.

Para uso interno faça chá com cerca de 15 gr de planta para um litro de água. Não necessita ferver. Apenas deixa levantar fervura, com a planta ou só a água para verter sobre a planta.


Tome nota desta receita tradicional para curar o cancro: misturar a planta fresca com ovos e dar aos doentes como refeição.
Conheci um caso duma senhora que diz ter curado um cancro com erva de S, Roberto, consumindo em grande quantidade, quase diariamente: bebia chá e misturava na comida, fazia esparregado, etc. com a planta fresca.


Esta planta é realmente uma dádiva do Criador... e há quem a despreze como se fosse erva daninha e a pise se a encontra por aí...




Outros usos: (Dizem que) as folhas frescas, esmagadas e aplicadas na pele, funcionam como repelente de insectos. A planta inteira é usada para produzir tinta, de cor castanha.


A erva de S. Roberto é usada como planta medicinal desde há séculos:


Era muito conhecida na Idade Média; era utilizada em rituais de magia e sobretudo na farmacopeia, para curar problemas relacionados com o sangue, devido à cor avermelhada dos caules (e das folhas quando expostas ao sol em demasia). Era usada para purificar o sangue, estancar hemorragias e curar problemas de fígado.

Foi muito utilizada pela grande conhecedora de plantas Santa Hidelgarda de Bingen, nascida na Alemanha em 1098. Entre os vários tratados que escreveu, consta um livro Causue et Curae, onde se podem estudar muitas teorias e descrições de curas ainda válidas nos dias de hoje.

Na América do Norte, onde é conhecida por cransbill ou bico de cegonha, era já usada pelos índios Cherokees, principalmente para cicatrizar feridas. Os índios Iroquois e Chippewa usavam a raíz para tratar problemas de diarreia.

É ainda conhecida e utilizada na China para tratar problemas gastrointestinais.



A Planta


Taxonomia:
Nome Latino: Geranium robertianum L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Geraniales
Família: Geraniáceas

Erva de S. Roberto é uma...
Planta herbácea anual: nasce, cresce, floresce, dá sementes e seca entre Abril e Setembro (na Europa);
Mede entre 10 cm e 40 cm de altura;



Foto 5 - Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”
Os caules "avermelhados"

Possui caules avermelhados e ligeiramente aveludados.
As folhas são alternas, pentagonais muito recortadas, de pecíolo longo, com forma e tamanho que fazem lembrar as folhas da salsa (semelhantes às folhas da salsa). 
As flores têm pétalas de cor rosa-violáceo (ou rosa malva) e corola amarela; são 2 flores por pedúnculo com 5 sépalas erectas, 5 pétalas inteiras e estriadas, 5 estigmas... (a planta deveria ter algum nome com "penta"...).
As sementes formam cinco carpelos com extremidades ponteagudas que lembram o bico de um grou. Por isso, no Brasil, também é conhecida por “bico-de-grou”. 
Os caules, muito frágeis, são mais avermelhados junto à raiz.
A planta cresce formando moitas (planta de pequeno porte com ramificação densa e abundante a partir da raiz);
As folhas têm cor verde, são triangulares, palmadas, com 3 a 5 segmentos lobados;




Foto 6 - Erva de S. Roberto - “Geranium robertianum L”
Agora a planta cresceu e já não se vê a parte avermelhada dos caules (os que saem directamente da raiz) apenas nos nós das ramificações se percebe o avermelhado.

Cresce espontaneamente, com abundância, entre nós. Nos jardins, hortas e noutros terrenos. 
Mas também há quem a cultive. 
Semeia-se na primavera. Não é exigente quanto às características do solo (dizem); tolera o sol pleno mas prefere a meia sombra, ou mesmo a sombra completa....
Cresce em terrenos baldios (desde que tenham humidade suficiente) mas adora ser regada com regularidade, por isso aparece em jardins e hortas, generosamente, mesmo sem ser plantada. 
Nesta altura, Outubro, não existe. Secou.


A erva de S. Roberto tem um cheiro característico, "adocicado". A gente cheira e apetece comê-la. Tem uma vibração boa...








Notas:
* Os taninos têm uma forte acção adstringente e vaso-constritora, formando uma camada protectora nas paredes interiores do intestino e nas suas membranas mucosas, contraindo os capilares e reduzindo a perda de fluido

Referências:

Gforum.tv

O cantinho das Ervas

Centáurea de Reva

O Jardim da Dama do Lago






APELO! Participação Cívica e Direitos Fundamentais: -- Petição Para Valoração da Abstenção -- Assine a petição AQUI, ou AQUI ou AQUI, ou AQUI, ou AQUI -- Denúncia de Agressão Policial -- Petição contra os Crimes no Canil Municipal de Lisboa

6 comentários:

  1. Oi Biranta meu nome é Letícia.
    Minha menstruação está atrasada a uns 10 dias, pensei que pudesse ser por ter tomado a pilula do dia seguinte, fiz chá de canela por dois dias e nada, resolvi fazer o de arruda e tomei,no dia seguinte fiz o teste de farmácia e deu negativo, mas logo senti uma coisa descer, algo do tipo uma bola de sangue envolta por uma camada branca,mas nada de sangramento, será que foi um aborto? Tomei novamente o chá de arruda e fiz o teste de farmácia, mais uma vez negativo e nada de menstruação, será que estou grávida? Devo insistir na arruda?


    Insisti na arruda com doses mais fortes e ainda nada, estou desesperada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se os testes dão negativo, certamente você não está grávida. Portanto, tal como já expliquei várias vezes nos comentários dos textos respectivos, PÁRA de tomar os chás. O problema pode não ser resolúvel com chás... Pode ser devido à PDS.

      Eliminar
  2. Olá, venho sempre acompanhando seu blog e acho super interessante e importante todas as informações que aqui constam. Sou super fã de tratamento com remédios naturais. Depois de ler várias postagens e comentários acabei por ter também várias dúvidas e várias respostas sobre coisas que eu desconhecia. Fiquei curiosa sobre a forma como nosso organismo reage sob tratamento de alguns chás.O que ocasionaria a um feto o tratamento com ervas do tipo arruda, artemisia, babosa, dentre outras, em grande quantidade? caso o aborto não fosse consumado e a mãe desistisse de continuar com as ervas.Não sei se em algum post você já relacionou sobre o assunto, mas acho que seria interessante falar sobre as consequências do mal uso de certas especiarias.
    Parabéns pelo seu trabalho! Abraços Ana Maria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já falei disso tudo, por aí, nos comentários e em alguns textos. A "saga" das plantas abortivas, por aqui, começou assim mesmo: devido ao mau uso das especiarias e aos riscos que as pessoas correm ao usá-las, as mais das vezes sem saberem.
      Relatei inclusive uma situação que aconteceu comigo de me oferecerem café com cravinho e canela, numa "cantina mexicana", após a refeição. Eu pedi esse café e a empregada não me avisou de que é proibido em caso de gravidez por ser abortivo... Eu já não estava em idade de engravidar mas duvido que isso fosse tão evidente assim...
      Quando é caso disso, nas respostas recomendo sempre que as pessoas decidam com calma e nunca iniciem a toma de chás abortivos se houver alguma possibilidade de desistirem.
      Enfim. Há muitas coisas que as pessoas desconhecem e riscos que correm desnecessariamente... por isso criei este blog e publico esses textos.

      Eliminar
  3. biranta, sei que aqui não é o local certo para essa pergunta mas estou desesperado e esse é o post mais recente até agora né..
    minha namorada está com 17 dias de atraso mesntrual. Teste de farmacia positivo.
    já li tudo a respeito aqui no seu blog, mas fiquei com uma dúvida.
    voce diz que é aconselhável o uso de chás até 2 meses no maximo.
    mas dois meses de atraso ou de gestaçao?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 2 meses de gestação, evidentemente. No caso da sua namorada ainda está longe desse limite a partir do qual as coisas podem ser mais complicadas...

      Eliminar

ATENÇÃO!
Um recado importante para quem procura Plantas Abortivas.
NÃO ESCREVAM COMENTÁRIOS com PERGUNTAS nos espaços de resposta a outros comentários. PORQUE EU NÃO CONSIGO ENCONTRAR ESSES COMENTÁRIOS NEM RESPONDER, MESMO QUE QUEIRA.
E ainda tenham em conta que:
Há vários textos neste blogue sobre o assunto. Os 2 textos mais visitados e que aparecem mais frequentemente nas listas de buscas, "Plantas Abortivas - Comentários" e "Plantas Abortivas (II)" têm muitos comentários e, por isso, é impossível responder aos comentários que chegam porque demora uma eternidade para chegar até eles.
NÃO DEIXEM PERGUNTAS NESSES TEXTOS. NÃO CONSIGO RESPONDER NEM QUE QUEIRA.
Há textos mais recentes, com menos comentários que, por enquanto, ainda permitem responder...
Em todo o caso Leiam com atenção o que está escrito porque já respondi a tudo e porque as respostas podem demorar muito. Antes de deixar uma pergunta faça uma pesquisa no blogue com as frases que vai escrever... Talvez consiga ir directo para as respostas.